Redução de Mamas

A cirurgia de redução das mamas envolve a retirada do excesso do tecido mamário e a modelagem e elevação das mamas. As técnicas e incisões utilizadas devem ser discutidas com o cirurgião plástico e podem variar conforme o tipo e tamanho da mama.
Entre as técnicas mais usadas para redução das mamas, está a chamada cirurgia do “t” invertido, onde o corte é feito ao redor da aréola e no sulco mamário e outro que liga os dois primeiros, resultando em uma cicatriz em forma de “t” invertido.
Outras duas técnicas, são as que deixam as cicatrizes em formatos de “l” e “i”. Normalmente as cicatrizes ficam localizadas no sulco mamário e não são visíveis através de maiôs e sutiãs.
O efeito da cirurgia de redução das mamas dura para sempre, porém, se a paciente aumentar seu peso corporal ou engravidar, as mamas podem aumentar de volume novamente.

Recomendações pós redução das mamas:

  • Evitar esforços nos oito primeiros dias
  • Não movimentar os braços em excesso, seguindo sempre as orientações de seu cirurgião plástico.
  • Evitar exposição ao sol ou friagem até segunda ordem
  • Alimentação normal a partir do segundo dia, principalmente a base de proteínas e vitaminas
  • Usar sutiã modelador durante 2 meses
  • Os exercícios físicos estarão liberados após um mês.

Nome técnico: MASTOPLASTIA REDUTORA
Região do corpo: mamas
Idade: a partir de 15 anos
Anestesia: geral ou peridural
Duração da cirurgia: em média 4 horas
Cicatriz: em forma de T invertido ou L ou I